quarta-feira, 3 de março de 2010

A noite será nossa testemunha

O desespero tende sempre a ser mais forte
O autocontrole é sempre o elo mais fraco
Sempre se esforçar
Até a espinha se quebrar

A vida insiste em existir
Mas a tua carne irá apodrecer
Tua alma virá para as minhas mãos
Teu destino já está traçado

Venha, venha minha criança
Eu te mostrarei o meu reino
Onde o cheiro de carne humana perfuma o ar
Onde a música se chama desespero
Pra ti não existe mais liberdade
Venha, venha minha criança

Tua alma não existe mais
Sinta o fogo da minha existência
Sinta o fogo queimar a tua essência
Agora existe harmonia

Venha, venha minha criança
Eu te mostrarei o meu reino
A noite será nossa testemunha
Ninguém sentirá a tua falta
Mas eu amarei a tua companhia
Venha, venha minha criança

2 comentários:

  1. Meio deprê mas muito lindo! =) =*

    ResponderExcluir
  2. típico de escorpiano, ele de ama, mas ele te queima,consome e aniquila...

    =*

    ResponderExcluir

Sociable